Extensão Sala de Artes: CIÊNCIA E ARTE: “O FANTÁSTICO CORPO HUMANO”

CIÊNCIA E ARTE: “O FANTÁSTICO CORPO HUMANO”

Belo Horizonte foi presenteada com a exposição mais polêmica de todos os tempos: “O Fantástico Corpo Humano”, que já foi vista por mais de 17 milhões de pessoas em todo o mundo. A exposição mostra em detalhes o funcionamento de cada órgão, ossos, tecidos e músculos, com o intuito de entender melhor o seu funcionamento e como fazer para preservá-lo adequadamente.


MAS, QUAL FOI O MATERIAL UTILIZADO?
Na verdade são corpos humanos reais, doados pelos próprios “donos” quando ainda eram vivos, para serem preservados com fins educativos. Os corpos passaram por um processo chamado plastinação, que consiste em injetar um polímero de silicone a fim de manter a estrutura intacta, após a dissecação e desidratação.
Aí entra a Arte: cada elemento do corpo recebeu uma pintura minuciosa, com cores e nuances extremamente fiéis às originais. Segundo alguns médicos, a quantidade de detalhes expostos é, sem dúvida, uma verdadeira obra de arte!

Para montagem da exposição, as peças foram colocadas em posições comuns do dia a dia, como é o caso de um jogador de vôlei e um maestro com a batuta. Foram anos de preparo das peças, com uma equipe de artistas plásticos e especialistas em anatomia, sob direção do Professor Dr. Roy Glover, da Universidade de Michigan.

A mostra foi projetada numa grande estrutura com nove galerias, tendo 10 corpos completos, em poses confortáveis e familiares, ilustrando todos os sistemas de forma dinâmica. Durante todo o percurso são gerados níveis de informações de forma prestativa para todas as idades – da escola primária à faculdade de medicina! Para quem mora em Bh, vale a pena conferir!
Agora deixamos a pergunta:
Em se tratando de corpos naturais, até que limite vai a Arte e a Medicina?
Comente!

4 Comente aqui!:

Joager Alexandre disse...

Realmente, o corpo humano é fantástico... Muito legal...

Felipe Marsil disse...

Eu achei realmente imprecionante, corpos verdadeiros e conservados através de inúmeros processos. Pena que eu não more e nem vá passear lá em BH agora, mas me deu muita vontade de conhecer.

Fernanda Marques. disse...

pena que os egípcios não sabiam disso! :/

Thiago disse...

nooosa achei mega bom!!!!
saber como voce é por dentro inda mais com toda esses corpos de verdade!!!!!
e muito sinistro!!!!

1 ano A florestas

Postar um comentário

Fala que eu te escuto!

 
Edição Juliana Godin Distribuído por Extensão Sala de Artes