Extensão Sala de Artes: OS FABULOSOS BONECOS GIGANTES DE OLINDA

OS FABULOSOS BONECOS GIGANTES DE OLINDA

Olá, pessoal!
Nessas férias tivemos a oportunidade de passar uns dias na bela cidade de Recife-PE com suas praias exuberantes, culinária típica, incríveis prédios históricos e sua arte magnífica! Dentre os principais locais visitados está a Embaixada dos Bonecos Gigantes, que reúne mais de 30 peças representando grandes personalidades da cultura e história pernambucana, brasileira e mundial.

Tradição no carnaval de Olinda, os bonecos gigantes surgiram na realidade na Europa, provavelmente na Idade Média, sob a influência dos mitos pagãos escondidos pelos temores da Inquisição. No Brasil, chegam a Pernambuco em 1919 com o surgimento do personagem Zé Pereira, confeccionado em corpo de madeira e cabeça em papel machê. Atualmente, com uma equipe liderada pelo empresário Leandro Castro, os bonecos ganharam nova roupagem sendo confeccionados com materiais mais modernos, garantindo maior leveza e acabamentos refinados.
 

Como são feitas as esculturas?
Tudo começa a partir da modelagem em argila em tamanho gigante. Após secagem, aplica-se fibra de vidro em toda peça, retirando se posteriormente o molde. O resutado é uma peça oca e mais leve que aquelas feitas antigamente em Papier Maché. O acabamento requer muita paciência para que a pintura e polimento fiquem impecáveis. As mãos dos bonecos são feitas em isopor para não machucar nenhum folião durante as apresentações e as roupas são costuradas em tecido. Quando montados nos ombros dos voluntários que carregam os bonecos durante o desfile, a altura média de cada personagem é de quase 4 metros.

Cantores, atores, escritores e figuras importantes como a presidente Dilma Hulself, Zilda Arns e Madre Teresa de Calcutá estão presentes no espaço. A visita é monitorada por uma guia que expõe a origem da cultura dos Bonecos Gigantes além de explicar o processo de confecção e manipulação. As expressões faciais e figurinos são tão incríveis que alguns meios de comunicação apelidaram a coleção de “museu de cera popular itinerante”. Tudo muito colorido e bem brasileiro!

Quer saber mais? 
Absolutamente fantástico!!!

5 Comente aqui!:

Bolat disse...

İnteresting :))

lano pires disse...

Olá, parabéns pelo blog e pelas postagens, tava vendo ho histórico do seu texto sobre a orgigem dos bonecos gigantes e vi que a informação está correta, porém falta você citar a cidade dos primeiros bonecos gigantes - zé Pereira, o primeiro boneco gigante do Brasil surgiu na cidade pernambucana de Belém de São Francisco, localizada na micorregião de Itaparica, distante 486 km da capital Recife. Qualquer coisa visita eu blog: www.laopires.blogspot.com e veja a postagem dos primeiros bonecos gigantes do Brasil: http://lanopires.blogspot.com/2009/03/ze-pereira-e-vitalina-os-primeiros.html

Juliana Godin disse...

Olá, Lano Pires!
Agradeço suas observações, mas nosso foco é sempre o processo de construção da obra de arte e não a questão histórica.
Vou deixar seu link para os interessados visitarem sua postagem, ok?
Abraços e parabéns pelo seu blog!
: )

www.laopires.blogspot.com

Jack disse...

Oi Ju td bem? quanto tempo, olha muito legal esses bonecos, mas te confesso que tenho um pouco de medo kkk, bjos se cuida

Anônimo disse...

nao da para copiar mas deus vai me ajudar

Postar um comentário

Fala que eu te escuto!

 
Edição Juliana Godin Distribuído por Extensão Sala de Artes